Publicidade

Posts com a Tag rio do sul

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015 Diversos, Superliga | 10:57

Quem vence no duelo das saias na Superliga?

Compartilhe: Twitter

O post de hoje é um pouco “menininha”, mas o assunto deve agradar também aos marmanjos de plantão. Na rodada desta semana da Superliga feminina, o Camponesa Minas venceu em casa o Rio do Sul por 3 sets a 1 e entrou para a lista de times que adotam a saia-shorts como uniforme.

A ideia de usar saia começou com o Molico/Nestlé na Superliga 2013/2014. Nesta temporada, além do time do Osasco seguir com o uniforme, Brasília Vôlei e Rio do Sul aderiram à moda. E na rodada de terça-feira foi a vez da equipe do Minas. Entre as jogadoras, a opinião parece unânime. Conversei com algumas atletas do Molico em 2013 e as meninas do Minas concordam: a saia deixa as jogadoras ainda mais femininas em quadra e elas aprovaram a ideia.

Leia mais: Jogadoras do Minas aprovam short-saia e dizem ficar mais bonitas e femininas

Acho que alguns modelos, com o do Minas, mais apertados, devem ser desconfortáveis para jogar. Gosto mais do estilo do Brasília, com um partidinho do lado que ajuda no movimento. E para vocês, quem vence o duelo das saias na Superliga? Veja as imagens na galeria abaixo:

Autor: Tags: , , , , ,

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013 Superliga | 11:25

E as quartas de final da Superliga seguem sem surpresas

Compartilhe: Twitter

Depois de Sesi x Banana Boat/Praia Clube em um duelo equilibrado na abertura das quartas de final da Superliga feminina, como comentamos aqui no post anterior, os playoffs seguiram na noite de terça-feira com duas vitórias esperadas para os favoritos.

Divulgação

Gabi, ponteira do Unilever

No Rio de Janeiro,  a Unilever fez 3 a 0 para cima do Rio do Sul (25/19, 25/13 e 25/18) em uma hora e meia de jogo. Gabi, que já tinha caído das graças de Bernardinho e assumiu a posição de titular com a lesão de Logan Tom, foi destaque. Ela levou o troféu de melhor em quadra e foi a maior pontuadora, com 14 acertos, ao lado de Elis, do Rio do Sul. Pois é, parece que Gabi está dando, e bem, conta do recado e ser titular com apenas 18 anos. Na temporada passada ela já tinha ido bem com a camisa do Mackenzie.

Saiba como foi a vitória do Unilever set a set

Em Osasco, o Sollys/Nestlé, atual campeão, também venceu em sets diretos o Usiminas/Minas (25/17, 25/17 e 25/11) em 1h25 de partida. Falando em nomes, o destaque foi Sheilla e seus 19 pontos. Se a gente falar em fundamento, destaque para o bloqueio. Foram 15 pontos na rede contra apenas três das mineiras. E de novo Sheilla dominou, com cinco pontos no fundamento. Não foi a toa que levou o Viva Vôlei.

Leia mais sobre Sollys/Nestlé 3 x 0 Usiminas/Minas

E nesta noite, a última partida da primeira rodada das quartas-de-final, entre Vôlei Amil e Pinheiros. Apesar de o time paulista ter melhorado no returno e até ter surpreendido e vencido o Sollys/Nestlé e levado o confronto contra as campinas para o tie-break, por exemplo, a vantagem deve ser do elenco comandado por José Roberto Guimarães. A cubana Ramirez é um reforço e tanto e ela disse estar 90% recuperada das torções nos dois tornozelos e pronta para jogar. Vamos ver se a tendência continua…

Autor: Tags: , , , , , , , ,

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012 Superliga | 13:12

Vôlei Amil e Unilever na cola do líder Sollys/Nestlé

Compartilhe: Twitter

A sexta rodada da Superliga feminina continuou na noite de terça-feira e, guardada as devidas proporções, Vôlei Amil e Unilever tiveram jogos parecidos. Os dois vacilaram no segundo set, mas se recuperaram e venceram seus rivais por 3 sets a 0. Os dois eram os favoritos em quadra. E os dois encostaram no líder Sollys/Nestlé na tabela.

O time de Osasco assumiu a primeira colocação com vitória sobre o Banana Boat/Praia Clube na noite de segunda-feira, na abertura da rodada. Pela campanha dos dois até aqui, era esperado até mais equilíbrio. O time mineiro liderou o primeiro set, mas as paulistas reagiram já no finalzinho com bons saques de Jaqueline. A partir daí, cresceram e conseguiram impor o ritmo para vencer sem muitos problemas.

Acho que isso é o que se comenta desde antes da Superliga. O Sollys/Nestlé já começou a competição pronto e entrosado. Mas a equipe está sofrendo com lesões… Só agora Sheilla está de volta depois da topada na porta e do dedo do pé quebrado que a afastou da Superliga e da final do Paulista. Adenízia teve a lesão e  cirurgia na mão. Camila Brait perdeu jogos com contratura na coxa. E agora Samara passou por artroscopia no joelho. Pelo menos o time já teve que jogar o Paulista sem as selecionáveis, foi para os Jogos Abertos com time bem misto e acabou sabendo lidar com essas baixas.

De volta à terça-feira, Vôlei Amil recebeu o São Caetano e o Unilever encarou o Rio do Sul em casa. Nos dois casos, o primeiro set foi quase sem erros para os donos da casa. Depois, elas perderam a concentração e viram as rivais reagirem. Entretanto, logo se recuperaram e acabaram com as partidas em 3 sets a 0.

Tanto Vôlei Amil quanto Unilever tentam se encaixar na competição. Se o time de Campinas foi criado há alguns meses, o conjunto carioca mudou bastante para essa temporada. Parece que as coisas estão indo bem nos dois times.

Autor: Tags: , , , , ,