Publicidade

Arquivo de outubro, 2014

terça-feira, 28 de outubro de 2014 Superliga | 14:59

E lá vem a Superliga

Compartilhe: Twitter

Passou a eleições e, aos poucos, eu volto ao blog! E para recomeçar, vamos de Superliga? O torneio masculino começa nesta semana e tem time novo na briga com os grandes. E como toda temporada, tem perdas importantes também…

O RJX, que virou RJ Vôlei, não conseguiu se manter e Rio fica sem representantes na edição 2014/2015 da Superliga. Mas o estado de São Paulo tem um reforço o tanto. O Taubaté veio na temporada passada com Giba como cabeça do elenco, mas pouco fez. O ponteiro saiu no meio do torneio e foi para os Emirados Árabes antes de se aposentar e o time ficou em 10º na classificação geral. Agora, com uma lista de patrocinadores que lotam a camisa, a equipe está mais do que reforçada.

Leia mais: Ziober Maringá Vôlei recebe o São Bernardo na abertura da Superliga

Elenco do Taubaté comemora título do Paulista

Elenco do Taubaté comemora título do Paulista

Chegaram da seleção brasileira que foi prata no Campeonato Mundial o levantador Rapha, o central Sidão, o ponteiro Lipe e o líbero Felipe. Completam o elenco Dante, que dispensa comentários, e Lorena, um oposto e tanto com seu ataque de canhoto, apesar do temperamento forte. Ainda tem o central Maurício, que já foi destaque da Superliga, e Thiago Sens, que veio do time do Rio de Janeiro. E para começar bem a temporada, a equipe do interior faturou o Campeonato Paulista, batendo o Sesi na final. Com a vantagem de contar com quem está acostumado a jogar junto na seleção, o Taubaté é uma da promessas da temporada.

Entretanto, terá que esperar para contar com algumas estrelas. Rapha teve um estiramento de ligamento no tornozelo direito na decisão do Paulista e só deve voltar no final de novembro ou começo de dezembro. Já Sidão tve uma lesão muscular na panturrilha esquerda e também está fora. Volta um pouco antes do Rapha.

De volta aos clubes, outro que segue nas cabeças é o Sada/Cruzeiro. Enquanto o time paulista mudou quase que completamente, os mineiros seguem a linha “time que está ganhando não se mexe”. O Sada praticamente manteve o elenco que é o atual campeão nacional. Seguem William, Lipe, Leal e companhia, além de Éder e Isac. Para completar, chegou o ponteiro Winters, um dos melhores jogadores da seleção do Canadá. Pontos para o Sada, que mantém o projeto e seus jogadores há alguns anos.

De volta a São Paulo, o Sesi também continua na lista de destaques. A novidade é o experiente levantador Marcelinho, ex-seleção. E ainda estão no time Lucão, Lucarelli e o líbero Serginho. Murilo é outro nome, mas passou há pouco tempo por uma nova cirurgia no ombro. Vamos ver como ele volta dessa vez. Uma boa novidade é Rafael, um jovem oposto de 2,00m e que tem futuro.

Leia mais: Atual vice-campeão, Sesi-SP estreia contra o Montes Claros Vôlei

Ainda devemos incluir nessa lista o Brasil Kirin, de Campinas. Eles em agora ex-Sesis no elenco. Os levantadores são Sandro e Jotinha e o oposto é Wallace, que foi destaque em 2010/2011, quando o time da capital faturou a Superliga. A mistura pode dar certo.

A Superliga ainda segue com o tradicional Minas, que aposta em um time jovem e na volta do ex-técnico Cebola, agora como supervisor; Montes Claros, com o central Acácio mais uma vez; São José dos Campos, campeão da Superliga B e reforçado por Gelinski (levantador) e Kaio (oposto) ; o reformulado UFJF; o Canoas, que chegou aos playoffs e tem chances de dar trabalho com os veteranos Gustavo, Minuzzi e Jeffe, além das chegadas do argentino Quiroga, do central Thiago Barth e do oposto Jardel, que já de destacou no Minas e o Maringá, que continua encabeçado por Ricardinho. Ainda tem o Vôlei Sul, que entrou de última hora na vaga aberta pelo Volta Redonda.

É isso, que venha mais uma edição da Superliga! Depois eu volto com um texto sobre a Superliga feminina, que estreia no dia 7 de novembro. Bons jogos a todos

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 2 de outubro de 2014 Diversos | 10:48

Às vésperas das eleições…

Compartilhe: Twitter

*atualizado

Galera, como sabem estou na cobertura de eleições aqui no iG e, às vésperas da votação, não estou conseguindo conciliar o trabalho com política e a paixão pelo vôlei. Acompanhei de longe o Mundial feminino e, mais uma vez, conto com a compreensão de vocês pela ausência no blog.

Mesmo distante, estava na torcida e aquele 3 a 0 para os Estados Unidos semifinal me pegou de surpresa… Mas veio a medalha de bronze para fechar mais uma temporada da seleção.

Enfim, as eleições estão aí e daqui a pouco volto para o esporte, para o vôlei e para o blog! Até

Autor: Tags: