Publicidade

Arquivo de maio, 2011

segunda-feira, 23 de maio de 2011 Diversos | 13:34

Férias!

Compartilhe: Twitter

Oi, galera

Hoje o post é um “até logo”. Estou saindo de férias da redação e volto em junho. Ficarei afastada do blog também… Mas voltarei com energia recarregada e para comentar com vocês as atuações do Brasil na Liga Mundial e a movimentação final do mercado da quadras.

Até mais!

Autor: Tags: , ,

sexta-feira, 20 de maio de 2011 Diversos | 18:19

Vissotto na Itália, mudanças em Araçatuba e em Montes Claros

Compartilhe: Twitter

Mais uma sexta-feira e mais uma semana agitada para o mercado do vôlei. Nesta manhã, Leandro Vissotto cumpriu a sua promessa. Ele disse na quinta, no Twitter, que teria uma novidade nesta sexta. Voltou ao microblog e disse que havia assinado com o Cuneo, da Itália (leia mais sobre a transferência de Vissotto). Bom negócio?

Leandro Vissotto

Vissotto voltou ao Brasil no ano passado e jogou no Vôlei Futuro, mas não chegou a acordo para renovar

Vissotto conhece nem o vôlei italiano depois de ter jogado quatro temporadas lá antes da passagem pelo Vôlei Futuro (que acabou depois que ele e o time não chegaram a um acordo para a renovação). E o Cuneo fez uma boa campanha no último nacional, terminando em segundo lugar. Não é o super time do Trentino que ele jogava, mas é uma equipe que briga para vencer.

E é melhor ele se esforçar na temporada porque a concorrência pela vaga de oposto na seleção aumentou depois da ótima Superliga de Wallace no Sesi. Na Itália, ao menos, estará em um torneio de um nível excelente, apesar de um pouco diferente do Brasil. Lá os atletas apostam mais na força. Mas para um cara de 2,12m é até mais fácil jogar dessa maneira.

Ainda essa semana, o Vôlei Futuro feminino anunciou a contratação de Paulo Coco, que deixa o Pinheiros (saiba mais sobre a ida de Paulo Coco para Araçatuba). Apesar de não ter entendido algumas escolhas de Coco na Superliga, como a troca de líberos, eu acho que ele é técnico muito mais firme que o William.

Aqui na capital, o Pinheiros dá sinais de que será difícil seguir na próxima temporada. A assessoria do time afirmou que o clube tentava negociar com patrocinadores, mas o Mackenzie já tirou o seu apoio(veja como acabou a parceria Pinheiros e Mackenzie). E como sempre falo por aqui, é muito ruim ver qualquer equipe se fechando, perdendo patrocínio. O Pinheiros vinha de temporada com resultados que podem ser considerados bons, mas sem jogadoras como Fabíola, Ivna, Ju Costa, Karine perdeu a sua base e a identidade. O Sollys/Osasco foi ao maior beneficiado, pelo menos dentro de quadra.

Bruno Zanuto

Bruno Zanuto deixa o Montes Claros e é um grande reforço para o Medley/Campinas

No masculino, quem estava ameaçado e respirou foi o Montes Claros. A equipe comMas também fica a dúvida de quem restará no elenco para a temporada. O técnico Talmo já fechou com o novo time feminino do Sesi. E agora Bruno Zanuto, uma das melhores contratações de 2010/2011, assinou com o Medley/Campinas.

Com isso, a equipe de Campinas já está com um belo elenco. Vamos relembrar… Já contrataram o oposto Bob, o levantador Fidele, o meia Everaldo e renovou com nomes como André Heller, Gustavão e Lukianetz. Agora também em Zanuto e Aranha, ponteiro que estava no Pinheiros. Em suma, o time conta com atacantes de raça (Bob e Zanuto) e de força (Lukiantez). Os centrais equilibram altura (Gustavão) e experiência (Heller). Resta saber como Fidele, que ainda é um levantador novo, vai comandar todo mundo. Acho que o time começa a temporada com chances melhores do que no ano passado.

Para fechar, o RJX segue contratando. Os titulares já estão praticamente definidos e são eles: Marlon (levantador), Théo (oposto), Riad (central), que acabou se der campeão italiano com o Trentino, Dante (ponta), Felipe (ponta) e Lucão (central) e Allan (líbero). Agora também anunciaram Guilherme, levantador que estava no Londrina e Renan, ponta que era do Minas. Como já disse Gustavo, é um time que nasceu forte. Só espero que siga os caminhos do Pinheiros, que também nasceu grande, mas não se encontrou muito bem em quadra.

E vocês? Gostaram das novas mudanças do mercado? Deixem seus comentários!

Autor: Tags: , , , , , , , ,

quinta-feira, 19 de maio de 2011 Diversos, Superliga | 17:30

Maurício deve voltar a jogar?

Compartilhe: Twitter

Para quem começou a gostar de vôlei na geração de ouro de Barcelona, como eu, Maurício foi um dos melhores levantadores da seleção, ou até o melhor. Foi com ele que o Brasil conseguiu variar bem as bolas, mesmo em uma época que o jogo era mais lento, com bolas altas e previsíveis. Mas ele poderia voltar a jogar?

Maurício postou em sua página no Twitter nesta quinta-feira que tinha recebido mais uma proposta para voltar às quadras e lançou a pergunta: devo voltar? Os fãs deram apoio e os jogadores da seleção fizeram brincadeiras. Falei com ele ainda pela manhã e a resposta foi: “Vontade até tem, mas a questão não é essa. A fila andou. Não vai acontecer” (veja a reportagem completa).

Pois é… a fila andou, o vôlei conheceu outros levantadores. Maurício tinha um toque de bola perfeito, mas já deu a sua colaboração ao vôlei. Ajudou Bernardinho a renovar a seleção, ficou na reserva de Ricardinho para “passar o bastão”… Está na hora de renovar e pensar no presente, nos jogadores que temos em quadra para levar para Londres e em quem pode defender o Brasil na Olimpíada do Rio, em 2016.

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 18 de maio de 2011 Superliga | 17:57

Sollys/Osasco terá duas estrangeiras na temporada

Compartilhe: Twitter

O Sollys/Osasco terá gente nova na temporada 2011/2012. De acordo com o Terceiro Set, programa parceiro aqui do blog e que participo toda semana, o time ainda tem duas vagas e negocia com quatro estrangeiras: as norte-americanas Logan Tom, Metcalf e Hooker e a cubana naturalizada italiana Aguero. Bons nomes, não?

Nos últimos encontros entre Brasil e Estados Unidos, Hooker, que faz parte da nova geração da seleção americana, deu bastante trabalho à defesa nacional. Já Aguero foi um dos grande nomes da equipe italiana nos últimos anos e faz falta ao time quando ficou fora. Quem vier para o Sollys/Osasco ajudará, sem dúvida!

O Terceiro Set ainda fala da volta de Fernada Venturini e das expectativas de Gustavo e Giba no Cimed/Sky na próxima temporada. Para ouvir, clique aqui.

No mercado masculino, a boa notícia na semana é para os torcedores do Montes Claros. O time segue por mais uma temporada e já renovou com o ponteiro Denílson. Isso é bom para o vôlei em geral. Mesmo que não consiga uma equipe tão forte como nas últimas temporadas, o Montes Claros, nesses dois anos, conquistou a torcida de uma maneira surpreendente e seria muito ruim ver a equipe acabar. Que eles cheguem competitivos a temporada 2011/2012!

Autor: Tags: , , , , ,

terça-feira, 17 de maio de 2011 Superliga | 12:40

Mais uma volta de Fernanda Venturini

Compartilhe: Twitter

*atualizado às 16h45

Na segunda-feira Bernardinho desconversou e disse que ainda não estava nada definido para a volta de Fernanda Venturini às quadras (leia mais). Na manhã desta terça, entretanto, o Unilever anunciou a contratação da veterana levantadora para a temporada 2011/2012 (leia mais).

Fernanda Venturini e seu novo uniforme

Fernanda Venturini e seu novo uniforme

Aos 40 anos e depois de algumas idas e vindas, Venturini está de volta às quadras. Ela estava parada desde 2007, depois de defender o Murcia, da Espanha (relembre as aposentadorias da veterana). E agora? Estará em forma para jogar mais uma vez no alto nível?

Técnica ela tem, sem dúvida. Não será questionado o seu toque de bola e o seu talento em comandar um time. E boas atacantes para trabalhar ela terá com uma rede com Sheilla, Mari, Natália, Valeksinha e Juciely. Pelas fotos da apresentação ao Unilever, Fernanda está com o corpo em forma, pelo menos.

Resta saber como será o fôlego dela em quadra. Sabemos o que passe não será o forte do Unilever, como o próprio Bernardinho já disse, e até por esse motivo que o time optou por uma levantadora experiente e que resolve mesmo com aquelas bolas “quadradas”. Só que para isso, ela terá que correr,  se deslocar na quadra. Se os quatro anos longe do vôlei não prejudicaram a resistência e o fôlego, ela tem chances de dar certo.

Mercado dos homens
Conversei nesta terça-feira com o Vini, ex-Sesi. Foi a primeira entrevista dele como atleta do Vôlei Futuro. Vini disse que trocou de time para buscar mais espaço porque a concorrência na equipe de São Paulo com o recém-contratado Rodrigão e com Sidão seria complicada (leia a entrevista completa).

Ele tem a sua razão. Pode ter deixado um time campeão, mas está buscando o seu espaço e a sua vaga de titular toda a temporada. Que ele se dê bem o levantador Ricardinho porque, como é um central baixo, com menos de 2,00m, precisa de um ótimo tempo de bola para bater com velocidade.

E aí, o que vocês estão achando do mercado? Venturini foi a melhor opção ao Unilever? E Vini, fez uma boa troca? Deixem seus comentários!

Autor: Tags: , , , , ,

sexta-feira, 13 de maio de 2011 Diversos, Superliga | 16:20

Mudança no sistema de pontuação aprovada

Compartilhe: Twitter

Enquanto as equipes se agitam para formar seus elencos para a próxima temporada, a CBV anuncio uma mudança importante no sistema de pontuação das Superligas. A partir da próxima edição, se um jogo acabar no tie-break, o vencedor leva apenas dois pontos e o perdedor soma um ponto. Se for 3 a 0 ou 3 a 1, a regra segue a mesma, com três pontos ao vencedor e nada para o perdedor.

Eu faço coro com os jogadores que comentaram e aprovaram a mudança (leia mais). Já é assim que funciona na Itália e nos principais campeonatos de seleções. Nada melhor do que a Superliga se atualizar também. E de uma forma mais justa.

Quem vence pode até falar que ganhar só dois pontos não será justo, mas é diferente você conseguir um 3 a 0 de lavada ou sofrer e só fechar no tie-break. O mesmo vale para o perdedor. Se o time conseguiu levar o jogo até o quinto set, nada mais justo do que ganhar alguma coisa, afinal, jogou mais do que se tivesse perdido por 3 a 1 ou 3 a 0.

E isso também pode ajudar a evitar aquela famosa “síndrome do terceiro set”, quando a equipe que já venceu duas parciais relaxa e deixa o outro time crescer. Essa vacilada pode significar um ponto a menos e, em um campeonato equilibrado, isso pode fazer falta na classificação final.

Mercado
O Vôlei Futuro fechou com o ponteiro Piá, que fez uma boa Superliga pelo Montes Claros na temporada 2009/2010. Ele foi para o vôlei italiano e agora volta ao Brasil para jogar em Araçatuba. “Empolgado, animado e 150% pilhado para o proximo ano com a torcida de aracatuba. Pode ter certeza qque vou dar meu maximo. Estou muito feliz em retornar”, disse ele no Twitter.

Bom para o Vôlei Futuro, que já perdeu Leandro Vissotto (ainda sem time) e Lucão (para o RJX). Segundo a imprensa regional, Lorena será o oposto do time. E Piá foi, no Moc, um cara que saia do banco com vontade de jogar e decidir.

No mais, são poucas as novidades do dia. O Sollys/Osasco confirmou no Twitter o que já tínhamos adiantado. Ju Costa e Tandara chegaram para assumir a ponta e a vaga de oposta. Também já foram contratadas Fabíola, Karine e Ivna. E seguem Adenízia, Thaísa e Camila Brait entre as titulares. O Unilever anunciou mais uma renovação: Amanda, coringa no saque de Bernardinho.

No masculino, me perguntaram sobre o Sesi. Praticamente todo mundo segue na equipe. O “selecionáveis” como Murilo, Sidão e Serginho já tinham contrato de dois anos. E outros já renovaram, como Wallace, Sandro, Jotinha. A baixa por enquanto é Thiago Alves, que ainda não renovou. Mas o time mantém a base e a sua cara para a temporada 2011/2012.

P.s.: galera, ficarei um pouco afastada do blog no final de semana para resolver algumas coisas pessoais. Se perder alguma movimentação do mercado, coloco um resuminho na segunda-feira, com os comentários. Até!

Autor: Tags: , , , , , , ,

quarta-feira, 11 de maio de 2011 Diversos, Superliga | 19:06

Lucão, Tandara, Fernanda Garay… os negócio desta quarta

Compartilhe: Twitter

Por que eu fui dizer que a terça-feira estava um dia calmo no mercado do vôlei? Pois nesta quarta foi uma novidade atrás da outra! Vamos a um resumo com as principais negociações do dia e alguns pitacos sobre as novidades. E é claro, quem quiser pode comentar também!

Chegadas e saídas do Vôlei Futuro

Lucão é o novo reforço do RJX

Lucão é o novo reforço do RJX

Lucão, mesmo com contrato de dois anos com o time de Araçatuba, acertou a sua saída, vai pagar multa e assinar com o RJX, time que o empresário Eike Batista montou no Rio de Janeiro. Vantagem para os cariocas pela qualidade do jogador. E uma falta e tanto para o Vôlei Futuro. Foi exatamente na volta de Lucão após a cirurgia na mão que a equipe se achou e conseguiu se entrosar e ganhar ritmo na Superliga. Ele foi peça fundamental e, agora, está indo embora.

O Vôlei Futuro, entretanto, trouxe, segundo o jornal Folha da Região, o oposto Lorena (leia mais). Ele é um excelente jogador, com muita raça e, se se adequar à velocidade de Ricardinho, dará trabalho. Basta saber como será a convivência na equipe, já que os dois jogadores têm temperamentos fortes. Pelo menos é o que parece…

O jornal também coloca o líbero Thiago Brendle, ex-Vivo Minas, em Araçatuba. E Mário Jr? Pela atuação nos playoffs da Superliga, Brendle merece destaque. É melhor ter cuidado!

No feminino, Ana Cristina confirmou que segue na equipe. Apesar da baixa estatura, ela é razoável na posição, mas poderia ter conseguido usar mais Fabiana, uma excelente central, na última temporada. Faltou entrosamento entre as duas. Para o ataque, Fernanda Garay está de volta depois de passagem pelo Japão. Vamos ver como Ana Cristina se adaptará as suas atacantes dessa temporada.

Novidades no Sollys/Osasco

Tandara assume vaga de oposta no Sollys/Osasco

Tandara assume vaga de oposta no Sollys/Osasco

Tandara chega para ser a nova oposta, já que Natália será a ponteira do Unilever. Ju Costa também estaria certa como ponteira para a vaga que deve ser deixada por Jaqueline (leia mais). Conversei com Murilo hoje e ele disse que a esposa ainda não assinou com o Sesi. As negociações continuam… Além disso, depois de Adenízia, Thaísa e Camila Brait são outras titulares renovadas.

Tandara e Ju Costa têm características parecidas. As duas são atacantes fortes e que jogam na raça. Podem dar um ânimo diferente ao time de Osasco.

Por enquanto, parece que as potências do vôlei feminino seguirão no eixo Rio-São Paulo. A Unilever conseguiu formar uma grande equipe muito forte segurando suas principais jogadoras e fechando com Natália. Ainda falta uma levantadora. Bernardinho disse após treino com a seleção masculina, que Fernanda Venturini tem interesse em voltar. Mas será que ela ainda está preparada para jogar no alto nível depois de quatro anos de ausência?

Por aqui, o Sollys/Osasco já garante a segurança entre Fabíola com Ju Costa, por exemplo. E o Sesi, se confirmar Jaqueline, Dani Lins e Fabiana como estão comentando, também já nasce com um time entrosado graças à seleção brasileira. Será que o Minas consegue entrar na briga? Em quem vocês apostam?

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

terça-feira, 10 de maio de 2011 Diversos, Superliga | 21:30

Unilever terá ataque de gala na temporada 2011/2012

Compartilhe: Twitter

Depois de um dia que parecia calmo no mercado do vôlei, o Unilever confirmou, no começo da noite, a contratação de Natália, que fez carreira no time de Osasco.Ela será ponteira no time de Bernardinho, função que já desempenha na seleção brasileira, e formará um verdadeiro ataque de gala no Rio de Janeiro.

Será um pouco estranho ver Natália com o uniforme do time rival, mas ela disse que era hora de mudar. “Vai ser muito bom jogar com o melhor técnico do mundo, que é o Bernardo. E eu queria isso em uma temporada olímpica. Agradeço muito ao Luizomar Moura, mas estava precisando mudar. Novos lugares, novas pessoas”, disse. (leia mais).

Natália

Natália, além de atacar, terá que ajudar no passe do Unilever

A equipe havia divulgado as renovações de Sheilla, Mari e Juciely na segunda-feira (leia mais no post anterior) e, agora, fecha com uma ponteira de excelente potência na rede. Entretanto, não tem como não pensar na linha de passe do time. Na Superliga 2010/2011, elas faturaram o título com Regiane e Mari como ponteiras titulares ao final da campanha, mas passaram por instabilidade no passe em diversos momentos. Suelle (que ainda não renovou seu contrato) teve que entrar para reestruturar o fundo em várias partidas, por exemplo.

Com Mari e Natália, o problema no passe pode reaparecer, afinal, as duas são especialistas no ataque e não no fundo. Mas com o trabalho na seleção brasileira, a recepção das duas tem melhorado. E com certeza Bernardinho, linha dura como é, não dará folga e não deixará o problema dessa temporada se repetir.

Na teoria, o fundo pode preocupar e a líbero Fabi seguirá como uma grande responsabilidade, mas o Unilever tem um excelente ataque, de seleção brasileira, esse é o fato. Conta com uma oposta que é extremamente habilidosa e uma nova ponteira jovem e potente. Resta saber quem será a levantadora da equipe.

E com a saída de Natália, o nome de Tandara, ex-Vôlei Futuro, ganha ainda mais força no Sollys/Osasco. Como o blog já adiantou, ela tem um acordo verbal e conversa com o time paulista. Assim, ela voltaria a jogar como oposta, uma boa opção pela sua potência no ataque.

E vocês? Gostaram da transferência de Natália? O que esperam do mercado nos próximos dias? Deixem seus comentários!

Autor: Tags: , , , , ,

segunda-feira, 9 de maio de 2011 Sem categoria | 19:14

Unilever segura a base com Sheilla, Mari e Juciely

Compartilhe: Twitter
Sheilla

Sheilla segue como o principal nome da Unilever

A semana já começou agitada no mercado do vôlei feminino. A Unilever, que já havia renovado com a líbero Fabi, agora garantiu mais três titulares para a próxima temporada: a oposta Sheilla, a ponteira Mari e a central Juciely. As reservas Roberta (levantadora), Juliana Nogueira (oposta), Juju Perdigão (líbero) e Mara (meio-de-rede) também seguem no elenco. Com isso, pode-se de dizer que a base campeã nacional será preservada.

A equipe de Bernardinho deve perder Dani Lins para o novo time do Sesi, mas vai manter seus destaques da última temporada. Sheilla foi, sem dúvida, a melhor jogadora da Superliga e é um grande nome em qualquer time. Já Mari, recuperada da cirurgia do joelho, também é forte no ataque e está crescendo na recepção, já que sempre é alvo do saque rival. E Juciely, que já tinha feito uma boa temporada no São Caetano, se superou no ano passado. Ela não é uma central muito alta, o que pode atrapalhar no bloqueio, mas tem velocidade de braço, o que a torna uma bela atacante, com tempo de bola um pouco diferenciado.

Claro que, para manter tudo isso bem unido, é necessário ter uma boa levantadora. Mas trabalhar com atacantes de alto nível e uma líbero que entrega na mão facilita. Vamos ver quem fica com a responsabilidade de armar as jogadas no time carioca…

Novidades e dispensas no Sollys/Osasco

Adenízia

Adenízia disse que segue no Sollys/Osasco

Como o blog divulgou com exclusividade, o time paulista contará com Fabíola como levantadora para a próxima temporada. Além disso, já estão confirmadas Karine, como segunda levantadora, e a ponta Ivna, mais jogadoras que estavam no Pinheiros/Mackenzie. E Adenízia confirmou nesta segunda-feira em sua página no Twitter que já renovou o seu contrato.

Tinham me perguntando sobre Carol Albuquerque e Ana Tiemi. As duas já deixaram o time de Osasco, mas ainda não foram confirmadas por outras equipes.

Fora isso, o blog apurou que o time tem acordo verbal com outras atletas, mas nada ainda assinado. São elas: Tandara, ex-Vôlei Futuro, Thaísa e Camila Brait. Natália também segue em negociação, só que ainda em fase inicial. E quem deve sair mesmo é Jaqueline, mais uma que provalvemente vestirá a camisa do Sesi na próxima temporada.

Por enquanto, a equipe teve boas e más notícias. Fabíola e Karine são belos reforços, pois, como já disse por aqui, Carol e Ana Tiemi vacilaram em diversos jogos na Superliga. Na final, Carol não se achou com suas atacantes e isso contribuiu para o vice. Acho Fabíola e Karine mais estáveis.

Entretanto, Jaqueline fará falta à linha de passe. Ivna, a nova ponteira, é jovem e versátil para o ataque, mas não sei se é segura o suficiente no fundo. Ajudará se Sassá seguir no time…

Mais equipes

Herrera é dada como certa no Usiminas/Minas

Herrera é dada como certa no Usiminas/Minas

Desde a semana passada, algumas renovações e mudanças no Usiminas/Minas eram dadas como certas. Além continuar com a ponteira cubana Herrera, a levantadora Claudinha, a líbero Tássia e a central Natasha, a equipe fechou com outra cubana, Daymi Ramirez, ex-Praia Clube, e também com a ponteira Dani Paraíba e com a meio Fernanda Ísis, que estavam no Macaé.

Já o Sesi, além de Dani Lins e Jaqueline, sonha com a central Fabiana, que já falou em tom de despedida do Vôlei Futuro. E a equipe já teria repatriado a central Walewska, que estava na Rússia. Promete ser um time com ótimo potencial e jogadoras que, graças à seleção, já sabem jogar juntas, o que ajuda em um novo projeto.

Vamos ver como seguem as negociações. Até agora, o que vocês acharam? Quem parece ter ficado mais forte para 2011/2012?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,

Campeonato Italiano, Mais Europa | 17:15

Torcida pelo Twitter

Compartilhe: Twitter

O Twitter é uma ferramenta que ajuda a acompanhar o dia a dia dos atletas. E também dá para ver a torcida de uns pelos outros. Como Bruninho (@brunorezende1), que jogou os playoffs do Campeonato Italiano pelo Modena, e Dante (@dantevolei18), que ficou com o vice no Campeonato Russo.

Dante sempre acompanhava os jogos do levantador e dava a sua opinião sobre as partidas. No domingo, Bruno perdeu para o Trentino, comandado pelo também levantador brasileiro Rapha, por 3 sets a 1 (leia mais) e caiu na semifinal do torneio nacional. Rapha e companhia vão para a decisão e encaram o Cuneo. E Dante, mais uma vez, acompanhou o duelo e comentou:

“Negritin, você fez deu o teu maximo, isso que importa. Você mudou o time de Modena, parabéns! Sem você lá, eles não chegariam tão longe”, escreveu Dante.

Um dia antes, era a vez de Bruno confortar o amigo. Dante, com o Dínamo Moscou, perdeu por 3 sets a 0 para o Zenit Kazan e foi vice na Rússia. “Irmão, tenho certeza que fizeram o máximo principalmente você! Parabéns pelo campeonato todo! Bom descanso”, postou o levantador.

Depois dessa temporada lá fora, parece que Bruno colhe os melhores frutos. Foi a primeira vez que o jogador atuou no exterior e conseguiu comandar o time, se encaixando bem ao estilo de jogo deles e sendo destaque em várias partidas. Quem leva a vantagem é a seleção brasileira, que contará com um levantador mais experiente para a Liga Mundial. Acho que esses 45 dias de contrato com o Modena vão fazer bem.

Já Dante não ficou com o título, mas pelo menos chegou perto e subiu ao pódio tanto no nacional quanto na Liga dos Campeões, quando ganhou o bronze como disse no post anterior. Ele deve voltar mesmo ao Brasil e defender o RJX na próxima temporada e, assim, ficará mais fácil acompanhar a sua atuação daqui.

Autor: Tags: , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última