Publicidade

Arquivo de setembro, 2009

quinta-feira, 10 de setembro de 2009 Seleção masculina | 10:44

Gustavo e novatos na seleção masculina

Compartilhe: Twitter

Depois de um ano de descanso de treinos puxados e concentração, Gustavo está de volta ao time de Bernardinho. Ele havia comentado, na apresentação ao Pinheiros/Sky, que poderia voltar à seleção se a equipe precisasse de alguém mais experiente. E no momento de renovação, ele será mais um dos veteranos a ajudar os novatos.

Gustavo foi convocado para os amistosos que o Brasil vai disputar contra os Estados Unidos entre os dias 22 e 27 de setembro em Minas Gerais, nas cidades de Montes Claros e Uberlândia. Sem Rodrigão, que ainda se recupera de uma séria lesão no ombro, ele reforça a turma dos mais “rodados” do time, ao lado de Giba, Serginho e Murilo. Dante é outro que ganhou mais uma chance na equipe. Ele havia pedido dispensa na Liga Mundial para cuidar de problemas de saúde de Antonio, seu filho mais novo, e agora volta à seleção.

Bernardinho aproveitou os amistosos para chamar mais novatos também. Sandro, levantador do Sada/Cruzeiro, ficou com o lugar de Raphael, reserva de Bruninho e Marlon na Liga Mundial. Na posição de oposto, Théo foi mais uma vez convocado. Depois de boas temporadas no time de São Bernardo, ele foi decisivo na Cimed na conquista da Superliga 2008/2009. É um atacante de grande potência e me lembra um pouco o estilo de Anderson, que joga mais na força e encara qualquer bloqueio. Para completar, Maurício é um dos pontas. Ele ajudou o Vivo/Minas na ausência de André Nascimento e deu conta do recado. Diferente de Théo, é um jogador que usa mais a habilidade e sabe variar bem as jogadas.

Entrar em quadra contra os Estados Unidos é sempre um desafio, mesmo em simples amistosos. Com as derrotas recentes para eles, como a da Olimpíada de Pequim, ainda fica um gosto de vingança, o que motiva os atletas. E Bernardinho tem um bom grupo nas mãos para testar. Quero ver a volta de Dante ao time e a disputa por um lugar com Murilo e Thiago Alves, que jogou muito na Superliga e nas partidas que entrou na Liga Mundial. E no meio, será vale a experiência de Gustavo ou a juventude de Lucão, Sidão e Éder?

E você? O que achou da volta de Gustavo e Dante ao time nacional? Aprovou a convocação de Bernardinho? Deixe a sua opinião!

Veja os convocados para a seleção masculina


*crétido das fotos: Divulgação/CBV

Autor: Tags: , , , , ,

Seleção feminina | 10:39

A vitória número 50

Compartilhe: Twitter

A seleção brasileira feminina começou bem a luta pelo segundo título no Final Four. Na noite de quarta-feira, passou pelos Estados Unidos por 3 sets a 2 (veja como foi a partida) e chegou a vitória número 50 contra as norte-americanas.

E quem atou nesse triunfo foram as jogadoras mais novas da seleção. Como prometido, Zé Roberto começou o torneio com um time diferente daquele titular que faturou o Grand Prix. Estavam em quadra Regiane, Fernanda Garay, Carol Gattaz e Adenízia.

Mesmo com as mudanças, a seleção teve uma boa atuação. Venceu o primeiro set com facilidade; viu os Estados Unidos abrirem no segundo e perdeu, mas sem uma grande vantagem; não se afobou com equilíbrio no terceiro set e cresceu no final, fechando mais uma vez;  vacilou, errou mais e perdeu o quarto; e voltou para o jogo e segurou as rivais na vitória no tie-break.
Bom jogo para dar ritmo ao time e entrosar as novas jogadoras. O Brasil volta à quadra nesta quinta-feira contra a República Dominicana, às 19 horas (horário de Brasília).

E você? O que achou da escolha de Zé Roberto em poupar as titulares do Grand Prix? E a seleção fatura mais um Final Four? Deixe o seu comentário!

Autor: Tags: , , , , , , ,

sábado, 5 de setembro de 2009 Seleção masculina | 08:00

Com a palavra, Rodrigão!

Compartilhe: Twitter

O Super Paulistão, que entra no segundo turno neste final de semana, ganhou ares de seleção neste ano e o Mundo do Vôlei abre as portas para um dos jogadores do time verde e amarelo. O meio-de-rede Rodrigão defende o Pinheiros/Sky, líder da competição, mas ainda não vestiu a camisa da equipe. Ele se recupera de uma lesão no ombro e, enquanto está fora das quadras, aceitou o convite para falar sobre o Paulistão por aqui. Com a palavra, Rodrigão!

“Olá pessoal do Mundo do Vôlei. Estou aqui para comentar um pouco sobre o primeiro turno do Super Paulistão. Infelizmente, ainda não pude estrear no Pinheiros/Sky, devido à contusão no ombro esquerdo. Vou fazer um novo exame na semana que vem e devo ser liberado para jogar na segunda quinzena agora de setembro.

Na minha opinião, Pinheiros/Sky, SESI-São Paulo e Brasil Vôlei, de São Bernardo, a não ser que aconteça algo excepcional no returno, estão com vaga praticamente garantida nas semifinais.

Mesmo ainda enfrentando um pouco de falta de entrosamento, por causa dos jogadores da seleção que só chegaram depois do início da competição, essas três equipes mostraram um voleibol de muito boa qualidade. E, com a sequência das partidas, a tendência é que elas melhorem ainda mais.

Quarta vaga em aberto
Se três times têm presença quase certa nas semifinais, a quarta vaga está em aberto. Gostei muito de duas equipes, que poderia apontar como candidatas a um lugar na próxima fase do campeonato: Vôlei Futuro e Ulbra/São Caetano.

O clube de Araçatuba deu um sufoco quando jogou contra o Pinheiros/Sky em casa e só perdeu no tie-break. Mesmo sem grandes estrelas, o time tem um conjunto muito bom e pode dar trabalho aos favoritos, caso se classifique.

Expectativa positiva para a Superliga
Estou muito satisfeito com o nível técnico do Campeonato Paulista. Pela minha experiência de vários anos na Europa, posso garantir que vários times, como é o caso do Pinheiros/Sky, poderiam disputar com boas chances de título o Campeonato Italiano, por exemplo, que é apontado como o mais forte do mundo. Pelo menos, até agora.

Isso é mais uma prova que o vôlei brasileiro passa por um momento muito bom, com o retorno de vários atletas da seleção. Com isso, podemos imaginar que a Superliga deste ano tem tudo para entrar na história como a melhor de todos os tempos.”

E você? Concorda com Rodrigão? Pinheiros, Sesi e São Bernardo são os favoritos no Paulistão? E quem deve ficar com o título? E a Superliga, será a melhor da história? Dê a sua opinião!

Autor: Tags: , , , , ,

sexta-feira, 4 de setembro de 2009 Seleção feminina | 09:09

Paula Pequeno pode roubar o lugar de quem?

Compartilhe: Twitter

Se você fosse José Roberto Guimarães por um dia, Paula Pequeno teria vaga em seu time titular? A atacante de ponta está recuperada de uma artroscopia no joelho esquerdo, já está treinando com a seleção brasileira e pode volta à equipe no Sul-Americano, no final do mês. Mas ela ficaria com o lugar de quem?

Zé Roberto já disse que pretende poupar jogadoras que participaram do Grand Prix nesse torneio e também no Final Four, que começa no dia 9 de setembro. Com isso, Paula ganha uma chance a mais para ser titular, mesmo tendo ficado afastada das quadras desde maio por causa da cirurgia. E ela é aquela atleta que serve como um termômetro para a equipe. Quando está bem, vibra muito e levanta o time. Mas quando não vira as bola, todo mundo sente
.
Paula disputa vaga com Natália, Mari e Sassá, além de Jaqueline, que ainda pode voltar para a seleção. Natália mostrou que tem talento no título do Grand Prix. Ela tem uma potência gigante no ataque, mas ainda precisa melhorar a recepção. Zé havia prometido que ela e Mari fariam um intensivão para arrumar o fundamento. Já Sassá é o contrário. Sabe defender, mas perde no ataque. E Mari é a mais equilibrada. Já melhorou seu passe nos últimos anos e é uma excelente atacante.

Se eu fosse o treinador, deixaria Sassá no banco. Colocaria Mari em uma ponta e Natália, que revezaria com Paula, na outra, para ganhar ritmo de jogo. Mas se o passe de Natália já estiver melhor, ela poderia ser a ponteira titular. Ela é jovem e tem tudo para seguir firme na seleção.

E você? O que faria com a seleção brasileira se fosse Zé Roberto Guimarães? Paula Pequeno teria espaço em seu time? Deixe a sua opinião!

Autor: Tags: , , , , , , , ,

quarta-feira, 2 de setembro de 2009 Diversos, Seleção masculina | 09:19

A volta de Giba em um encontro de gala no Paulistão

Compartilhe: Twitter

Ele está de volta! Depois de oito temporadas jogando fora do País, Giba voltou a pisar em um ginásio brasileiro com a camisa de um clube. Ele estreou no time do Pinheiros/Sky na noite de terça-feira no Campeonato Paulista, ou o Super Paulistão, como você preferir, em um encontro de gala contra o Brasil Vôlei Clube.

Dante ataca contra bloqueio de Giba - Divulgação/PhotoegrafiaNo jogo, prevaleceu quem estava um pouco mais entrosado, e o Brasil Vôlei Clube venceu por 3 sets a 1 (25/20, 23/25, 25/20 e 25/19). Giba chegou a São Paulo no domingo, fez um treino com o Pinheiros e já foi para a partida. Como esperado, não teve a atuação de melhor jogador do mundo, mas logo ele se “encaixa” no time.

E se de um lado teve estreia, do outro foi a volta dos selecionáveis Serginho e Marlon à equipe de São Bernardo. Para completar a partida “estrelar”, o Pinheiros ainda teve Marcelinho, Gustavo e Kid, nomes de duas gerações do vôlei nacional. Já o Brasil Vôlei Clube também contou com o ponta Dante, que segue na briga por um lugar na seleção. A nata do vôlei estava em quadra!

O melhor disso tudo e ter todos esses ídolos logo ali, ao seu alcance. Uma partida como essa me faz lembrar de Minas, Olympikus ou Santo André quando eles contavam com Giba, Maurício, Ricardinho… Os jogos dos estaduais ou da Superliga tinham algo a mais. Quem ia aos ginásios queria um autógrafo ou uma foto com os ídolos da seleção. Era tietagem pura! Agora eles estão por aqui mais uma vez! E essa foi apenas a estreia de Giba no Pinheiros! Não vamos esquecer do Sesi, mais timaço do Paulistão com Anderson, Murilo e Sidão. A temporada promete jogos de alta qualidade e vocês, aproveitem!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última