Publicidade

Arquivo de março, 2009

domingo, 29 de março de 2009 Superliga | 14:16

Agora sim, o equilíbrio que a gente queria!

Compartilhe: Twitter

A definição dos semifinalistas foi rápida, sem muitas surpresas e com um clássico que todos esperavam.  Durante a semana, Rexona, Finasa, Brusque e São Caetano fecharam a série melhor de três logo na segunda partida, sem dificuldades. Já entre os homens, tranquilidade mesmo para Cimed e Minas. Sada também se classificou, mas teve um pouco de trabalho com o Vôlei Futuro. Agora, São Bernardo e Unisul honram as quartas-de-final e fizeram um duelo a altura de uma decisão.

As duas equipes foram as únicas que precisaram de três partidas para saber quem iria para a semifinal  da Superliga. No primeiro confronto, vitória fácil do São Bernardo com bobeadas irreconhecíveis  da Unisul. Na segunda partida, polêmica com o afastamento de Marcelinho e Roca, mas vitória para a Unisul. E no confronto deste final de semana teve equilíbrio, ralis lindos, defesas ainda mais espetaculares e o dono da vaga na próxima fase.

Giovane já cansou de dizer que cortou Marcelinho por uma opção tática. A realidade é que o levantador já esteve em melhor fase e vinha deixando a desejar nesta Superliga. Faltou voz ativa e mais comando em quadra. E, no final, o Unisul cresceu sem o levantador e jogou de igual para igual contra o São Bernardo.  Às vezes é bom ousar e tirar um selecionável de quadra para colocar quem está com sede de jogo no banco de reservas. Nenhum jogador é eterno.

Os dois times entraram para o tudo ou nada e mostraram isso em quadra. Cada ponto era uma vibração maior que a outra. Cada ataque era uma chance da defesa se esticar o máximo que pudesse para tentar colocar a bola no chão. E a defesa do time do sul fez o que pode e deu show. O saque também foi forçado o tempo todo.

Ou seja, o jogo teve todos os elementos de uma decisão. São Bernardo só garantiu o lugar na semi no tie-break. Agora sim tivemos a partida que todos nós esperávamos! Que continue assim na próxima fase!

Autor: Tags: , , ,

segunda-feira, 23 de março de 2009 Superliga | 11:24

Playoffs previsíveis na Superliga

Compartilhe: Twitter

As quartas-de-final começaram no final de semana para homens e mulheres na Superliga 2008/2009. Os primeiros jogos da série melhor de três foram previsíveis: venceu quem era apontado como favorito.

Entre os homens, domínio de Cimed e Minas. O time de Santa Catarina abusou do saque forçado, combinado com bloqueio e defesa, e passou sem problemas pelo Fátima. Já os mineiros tinham um adversário mais complicado, mas não se intimidaram. Fora de casa, vacilaram e perderam a chance de vencer por 3 a 0, mas se recuperaram e bateram o Ulbra por 3 sets a 1.

O duelo entre Sada Cruzeiro e Vôlei Futuro teve o equilibro esperado e quem se deu melhor foi a equipe de Minas, apesar de mais uma ótima partida de Wallace, oposto do Vôlei Futuro. O Sada manteve a regularidade que apresentou ao longo da Superliga e bateu o jovem rival por 3 a O. O mesmo equilíbrio era esperado para o duelo entre São Bernardo e Unisul. Porém, a equipe comandada por Giovane Gavio errou muitos saques e ataques e apenas viu o time do ABC crescer e ainda passear no ultimo set, fechando em 3 a 1.

Entre as mulheres, os passeios foram de Rexona e São Caetano, como também já era previsto. As cariocas precisaram de apenas 1 hora e 14 minutos de jogo para liquidar o Minas por 3 a 0. Enquanto isso, o São Caetano passou pelo Mackenzie em 1 hora e 21 minutos pelo mesmo placar. O Finasa sofreu um pouco mais, mas também se deu bem e superou o Banespa em sets diretos.  O único 3 a 1 foi para o Brusque contra o Pinheiros, que provou ser o duelo mais equilibrado das quartas-de-final.

Ao longo desta semana as equipes voltam para a quadra. Pelo que foi visto na primeira rodada dos playoffs, os semifinalistas vão ser definidos já segunda partida da série melhor de três. No masculino, Unisul e Vôlei Futuro podem se arrumar e complicar para São Bernardo e Sada Cruzeiro. Já no feminino, só o Pinheiros deve ter chances de conseguir reverter a vantagem.

E para você, os playoffs estão mesmo previsíveis? Quem pode dar o troco na segunda rodada? Dê o seu palpite!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 18 de março de 2009 Mais Europa, Superliga | 10:59

"Não imploro e nem bato na porta de ninguém", desabafa Giba

Compartilhe: Twitter

Mais uma vez a tentativa de Giba voltar ao Brasil não deu certo. O ponta dizia, desde o ano passado, que estava cansado do frio da Rússia e que sonhava em jogar no País. Negociou muito com o Cimed, mas a conversa acabou mal.

Em seu blog oficial, o jogador da seleção fez um desabafo e pediu desculpas para quem acreditava na sua volta ao vôlei nacional. Ele afirmou estar decepcionado com o clube catarinense porque, depois de um ano e meio de negociação sobre valores e multa rescisória, ainda mandaram ele arrumar um patrocínio próprio se quisesse voltar.

Mesmo com o desentendimento, Giba disse que ainda pretende jogar mais uma vez no Brasil, mas garante estar bem na Rússia. Ele também falou que sabe da situação financeira por aqui e que não tem nada o que fazer sobre isso. “Continuo aqui sem problemas, com vontade de voltar, não implorando e nem batendo na porta de ninguém”, comentou o jogador no site oficial.

Giba ainda mantinha contato com o Minas, mas as negociações não foram concluídas. O jogador assegura que não tem mágoas com o time e até brincou. “Sobre o Minas, nunca falarei mal, pois ganhei dois títulos e conheci minha esposa lá. Falar mal como? Só agradeço a eles pela conversa que tiveram comigo, sempre franca”, completou.

No final, tudo continuou na mesma. Giba deve ficar no frio da Rússia até 2010, período de seu contrato com o Iskra Odintsovo. E o Brasil continua sem verba e patrocinadores para reunir os atletas de alto nível para a Superliga. Quem já voltou deve ter aceitado um salário um pouco menor, com a vantagem de estar em casa e perto da família. Giba afirma estar feliz, com esposa e filhos bem adaptados à Rússia, e ainda não deve estar disposto a “sofrer” para voltar. “Tenho uma família e pretendo sustentá-la muito bem”, disse. É uma pena para o vôlei nacional. Mas fica o alerta! Está na hora de conseguir mais patrocínio e lutar mais para ter os nossos jogadores de volta!

E você? Acha que o Brasil ainda consegue trazer seus maiores ídolos de volta? Deixe o seu comentário!

Autor: Tags: , , , , ,

segunda-feira, 16 de março de 2009 Superliga | 10:26

Campeões de nada

Compartilhe: Twitter

O final de semana foi de final do quarto turno da Superliga. Saíram os últimos campeões da fase classificatória, mas isso não muda muito as coisas na competição. O título deste turno não alterou a classificação geral, nem os classificados para os playoffs. Apenas deixou claro quem manda no feminino e quem pode dar trabalho no masculino.

Rexona campeão do quarto turnoNa decisão feminina, mais uma vez Finasa x Rexona, como no segundo e terceiro turnos. E como em todas as finais, o campeão foi o Rexona. A partida foi até equilibrada, mas as cariocas erraram menos e atacaram mais. Finasa mostrou que iria reagir no ultimo set, mas Natália errou o ataque, o time desconcentrou e o Rexona venceu por 3 sets a 0.

Mais uma vez o Finasa parou diante do time de Bernardinho. Mais uma vez o Rexona errou menos, se concentrou mais e mandou no jogo. Mais uma vez a história de sempre… Ou o Finasa mostra que é capaz e acaba com esse “trauma” ou o título desta Superliga já está nas mãos das cariocas!

Cimed vence turno pela terceira vezEntre os homens, uma boa surpresa. Vôlei Futuro encarou o Cimed e perdeu sem fazer feio. Mesmo com um dos melhores times da atualidade do outro lado da quadra, os garotos de Araçatuba complicaram a partida, jogaram de igual para igual e caíram apenas nos finais dos sets. Méritos para os paulistas! E destaque para Wallace, maior pontuador do jogo e um dos nomes desta Superliga. O atacante é o homem de segurança do time não se intimida com o bloqueio adversário. Vôlei Futuro pode não ter sido campeão, mas com certeza cresceu para as quartas-de-final.

E os playoffs, o que realmente importa, começam na sexta-feira, dia 20 (veja datas dos jogos). Na Superliga feminina, os duelos são: Banespa x Finasa, Rexona x Minas, Mackenzie x São Caetano e Brusque x Pinheiros. Na competição masculina temos: São Bernardo x Unisul, Cimed x Fátima, Ulbra x Minas e Sada Cruzeiro x Vôlei Futuro. Vai para a semifinal quem fechar a série melhor de três. Agora sim a disputa será para valer. As finais do quarto turno foram apenas um aquecimento, ou um treino de luxo…

Autor: Tags: , , , , , , ,

quarta-feira, 11 de março de 2009 Mais Europa | 10:11

Liga dos Campeões da Europa pela internet

Compartilhe: Twitter

Atualizado às 17h05

Hoje deixo um pouco os comentários dos jogos de lado e dou uma dica para vocês. Já recebei alguns comentários por aqui perguntando sobre jogos da Europa, onde assistir, como acompanhar os resultados… Pois nesta quarta-feira, às 13 horas teve jogo do Macerata, de Rodrigão, na Liga dos Campeões e o canal de internet Laola1.TV transmitiu.

Assisti ao jogo e gostei bastante! Tem uma narração em inglês, as imagens são muito boas e a transmissão não foi interrompida em nenhum momento. Vale a pena! O canal vai passar todos os jogos da Liga dos Campeões, tanto feminina quanto masculina.

Em quadra, Macerata encarou o Zentit, o atual campeão da Europa, e fez um jogo muito equilibrado. Time precisava vencer apenas um set para avançar ao final four e garantiu a vaga logo na primeira parcial. Depois, as duas equipes colocaram reservas em quadra e, depois de muitos erros de armação, o time dos norte-americanos Ball e Stanley venceu o Macerata por 3 sets a 2.

Fica a dica para os próximos jogos da Liga dos Campeões!

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 10 de março de 2009 Superliga | 09:57

Vôlei Futuro é a grande surpresa do quarto turno da Superliga

Compartilhe: Twitter

Nada de Minas ou São Bernardo! Quem vai fazer a final do quarto turno da Superliga masculina 2008/2009 contra o Cimed será o Vôlei Futuro. Com média de idade de apenas 22 anos, o time do interior de São Paulo venceu o São Bernardo por 3 a 1 na noite de segunda e garantiu o seu lugar na decisão.

Sim, a final do quarto turno da Superliga não vale quase nada. Sim, os times já estão definidos para os playoffs independente de quem vença essa decisão. E sim, ninguém esperava o feito do Vôlei Futuro. 

A jovem equipe conseguiu crescer no momento em que todos já estavam focados nas quartas-de-final. Isso é oportunismo de quem ainda busca o seu espaço no vôlei nacional. Enquanto os grandes já estavam com a cabeça longe, o pequeno do interior juntou qualidade com cabeça dos jogadores e fez o seu papel.

A final do quarto turno pode não significar nada na tabela, mas significa uma grande dose de ânimo ao Vôlei Futuro. Eles sabem que terão um dos melhores times da atualidade pela frente. Sabem que vão sofrer para vencer. Porém,  sabem também que o interesse do Cimed é chegar inteiro e descansado aos playoffs e devem se aproveitar disso para garantir resultado e moral para a fase decisiva. Parabéns aos comandados de César Douglas! É bom ver uma cara diferente em uma final. O jogo está marcado para o próximo sábado, às 21h45 (horário de Brasília).

Apostas para as quartas-de-final

Depois de dar os palpites sobre a Superliga feminina, vamos às apostas para a competição masculina. Aproveitem e deixem também os seus comentários!

Cimed x Fátima: a equipe de Florianópolis é uma das melhores nesta Superliga, está mais do que entrosada, já que manteve a base da última temporada, e deve passar com facilidade pelo Fátima.

Minas x Ulbra: a surpresa foi a dificuldade para o Ulbra chegar aos playoffs. Time de Canoas teve alguns tropeços na Superliga e só garantiu a vaga na última rodada. Já o Minas se manteve bem regular e, mesmo sem contar com André Nascimento em plena forma, deve avançar no torneio.

Sada x Vôlei Futuro: os jovens do interior paulista chegam embalados para esse confronto e prometem complicar a vida do Sada. Apesar de mais experiente, os rivais passaram por problemas de administração e mudança de cidade no campeonato e isso pode ter abalado a equipe de alguma maneira. Aposto na juventude e força de vontade do Vôlei Futuro e na potência do oposto Wallace.

São Bernardo x Unisul: será um duelo de olímpicos. No time do ABC, o líbero Serginho. Do lado do Unisul, o levantador Marcelinho e o campeão em Atenas Anderson. As duas equipes estão muito parecidas nesta competição e qualquer uma merece a vaga. Deve ser o confronto mais equilibrado das quartas-de-final.

E para você, leitor, quem segue vivo na Superliga 2008/2009? Dê o seu palpite!

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

segunda-feira, 9 de março de 2009 Superliga | 15:02

Com tudo definido na Superliga feminina, é hora de palpitar!

Compartilhe: Twitter

Final de semana colocou cada equipe em seu lugar na Superliga feminina 2008/2009. Saíram os oito finalistas e os dois times que vão para a decisão do quarto turno. Nenhuma grande surpresa pelo caminho. Já podemos dar os nossos palpites.

Na final do turno, mais uma vez Finasa x Rexona, como foram nas segunda e terceira etapas. O time de Osasco garantiu sua vaga com a vitória sobre o Pinheiros por 3 a 1 e o do Rio de Janeiro, ao passar pelo Brusque por 3 a 0.

Ainda continuo com meu palpite sobre a superioridade do Rexona. A equipe teve mais uma boa vitória na rodada do final de semana e está embalada para a final do turno e para os playoffs. Do outro lado, o Finasa está se saindo bem mesmo sem Paula Pequeno e pode dar trabalho, mas ainda precisa melhorar o conjunto e a cabeça das jogadoras para vencer as arquirrivais.

A final do quarto turno da Superliga feminina será na próxima sexta-feira, às 21 horas (horário de Brasília) no ginásio José Liberatti, em Osasco. 

Quem pega quem nas quartas-de-final

Independente de quem for o vencedor do quarto turno, já estão definidos também os times que vão para os playoffs da competição. Os confrontos começam no dia 21 de março e a classificação para a semifinal será decidida na série melhor de três partidas.

Rexona x Minas: depois de um ótimo começo de campeonato, as mineiras perderam a força com o desfalque de Ivna e, apesar de terem um time bem entrosado, ainda são inexperientes e não devem dar muito trabalho para as comandadas de Bernardinho.

Finasa x Banespa: as meninas de Osasco levam uma vantagem por contar com jogadoras experientes e medalhistas olímpicas. Mas o time do Banespa é regular e já deu trabalho ao Finasa ao vencer por 3 a 2 logo no primeiro turno. O troco veio no quarto turno, com 3 a 0 para o Finasa. Apesar dos resultados, o time de Luizomar de Moura deve ter um pouco de dificuldade, mas passa para a semifinal.

São Caetano x Mackenzie: equipe do ABC paulista, vista como uma das favoritas ao título desta Superliga, começou o torneio devagar. Teve os melhores resultados no quarto turno e chega bem para os playoffs e deve vencer o frágil time mineiro.

Pinheiros x Brusque: promete ser a disputa mais acirrada das quartas-de-final. Os dois times estão no mesmo nível e qualquer um pode fechar a série melhor de três e passar para a semifinal.

E para você, leitor, quem vai ser campeão do quarto turno? Quem vai se classificar para semifinal? Faça a sua aposta!

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 4 de março de 2009 Superliga | 10:03

Quando tem Rexona em quadra, já sabemos o placar

Compartilhe: Twitter

Não adianta! Nesta Superliga ninguém consegue bater de frente com o Rexona. As cariocas cresceram ao logo da competição, sempre foram mais consistentes em quadra e estão arrasadoras. Na partida da noite de terça-feira, pela abertura da quarta rodada do quarto turno, sabe o que aconteceu? Mais uma vitória do time do Rio de Janeiro. A 22ª em 24 partidas.

Dani Lins comemora vitóriaEra esperado um clássico. Do outro lado estava o São Caetano, que começou a Superliga instável, demorou para se entrosar, mudou de técnico e estava melhorando nas últimas rodadas. Mas o Rexona nem teve muito trabalho para garantir os 3 sets a 0 no placar e praticamente se classificar para mais uma final. Pela quarta vez em quatro turnos, equipe de Benardinho pode decidir a etapa.

E a decisão pode ser mais uma vez contra o Finasa, que volta às quadras nesta noite, na partida contra o Minas. As mulheres de Osasco ainda não perderam nenhum set e são as favorittas. Porém, é bom lembrar que o Finasa ainda não encarou um grande rival neste turno (venceu Praia Clube, Sport e Banespa). O Minas, apesar da baixa média de idade, é um time bem entrosado e que deixa poucos espaços em quadra. Se as paulistas venceram, ficam na mesma situação confortável de Rexona, com um pé na vaga na final do quarto turno.

Seria interessante mais uma decisão entre os dois times antes dos playoffs da Superliga. Rexona já mostrou que é superior, mas o Finasa tentou até trabalhar com a pisciologa da seleção brasileira feminina para melhorar o comportamento das jogadoras, que atuam bem durante todo o turno e sofrem panes quando encaram as cariocas. A culpa pode ser do técnico, criticado até pelos torcedores do Finasa. Ou do duelo de levantadoras, como lembrou a leitora Adriana. Carol Albuquerque, do lado paulista, é regular, mas Dani Lins, do lado carioca, está muito bem e realizando um ótimo trabalho nesta competição. E foi Dani Lins a estrela da vitória fácil sobre o São Caetano na noite de terça-feira. Seria um bom teste para o Finasa, mas ainda aposto no Rexona. E você? Acha que qual time vai levar o quarto turno? Deixe o seu comentário!

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 2 de março de 2009 Superliga | 14:22

Acabou a folia! Agora é hora de mostrar serviço

Compartilhe: Twitter

A Superliga volta nesta segunda-feira depois de mais de uma semana parada por causa do Carnaval. Jogadores foram para a avenida, sambaram, treinaram um pouco e agora, precisam mostrar serviço. Faltam apenas duas rodadas na fase classificatória e ainda tem vaga aberta para as quartas-de-final.

A situação é a mesma para homens e mulheres. Cinco equipes já estão garantidas nos playoffs e quatro disputam as vagas que ainda faltam. No feminino, Rexona, Finasa, São Caetano, Pinheiros e Brusque já avançaram na competição. Minas está perto de assegurar o seu lugar também. Precisa apenas de uma vitória e mesmo se perder os dois jogos que restam, pode continuar vivo com tropeços de Banespa e Vôlei Futuro, que também brigam pelas quartas-de-final. As mineiras do Praia Clube, que disputam a primeira Superliga também sonham com as finais, mas tem que vencer suas duas últimas partidas para carimbar o passaporte.

No masculino, Cimed, Minas, Sada, São Bernardo e Unisul estão tranquilos e classificados. Ulbra, Vôlei Futuro, Fátima e Álvares seguem na briga pelos playoffs. Aqui, quem está mais perto de avançar é o time de Canoas. Precisa de um bom jogo contra o frágil Santo André para ir às finais.

Clássico olímpico para as mulheres

As mulheres serão as primeiras a entrarem em quadra depois da folga carnavalesca. A Superliga feminina volta nesta noite, com a partida entre Brusque e Mackenzie. Mas a atração da rodada é o clássico de selecionáveis Rexona x São Caetano.

No time carioca estão Fabi, Fabiana, além de Carol Gattaz e Érika, que já vestiram a camisa da seleção. No time paulista, Fofão, Mari e Sheilla. E o confronto, marcado para a noite de terça-feira, tem um aperitivo a mais. As duas equipes estão invictas e uma vitória pode garantir o lugar na final deste turno.

O São Caetano demorou, mas parece que agora se encontrou em quadra. Fez um terceiro turno bom e venceu o Brusque por 3 a 0 nesta etapa da Superliga. Rexona segue como favorito, mas as companheiras de Sheilla, Mari e Fofão podem complicar a partida.

Já o Finasa pode ter um bom reforço na volta da Superliga. Paula Pequeno, que ainda não jogou neste turno por causa dores no joelho esquerdo deve voltar ao time na partida contra o Minas. O jogo também pode ser uma revanche, já que foram as mineiras que tiraram a equipe de Osasco da final do primeiro turno do campeonato.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,